Transcriação

Operação tradutória cuja função é o translado poético, o engendramento da escrita, a da língua nova, numa engenharia linguística que intenta, ainda que ultrapassando a sintaxe ou semântica da língua original, verter uma poética noutra. Um jogo de deslocamentos culturais, em que o desconforto maior é fazer valer numa língua o que pode ser moldado numa outra como literatura. Territorializar, quando apontada a necessidade de buscar uma equivalência.

Transcriadores trabalham com organicidade do texto, pois agem na escrita como um todo e não como se fosse uma série de fragmentos das diversas linhas linguísticas inseridas na sua tradução. A buscar a semântica pela semântica. Mais que renunciar a uma língua e suas especificidades em função da outra, busca-se, na transcriação, sempre soluções de transposições, manter no texto sua “informação estética”, mesmo que por meio de traição, infidelidade – a bem dizer, recriar o verdadeiro sentido que buscava o original, sem ultrapassá-lo.

Essas soluções, de certa maneira, não tornam os novos textos, enquanto traduções, menos legítimos. No caso da transcriação, traduzir não é só um jogo de equivalências, é um trabalho árduo, artesanal, a criar um mundo no mesmo mundo já do outro. Ao tradutor cabe o papel do tradutor-poeta.

O tradutor, poeta e ensaísta brasileiro Haroldo de Campos foi quem criou o neologismo e teorizou sobre a transcriação, em diversos ensaios e entrevistas. Além desse termo, Haroldo, numa tentativa de concever uma abordagem que desse conta do problema de tradução poética, criou os neologismos reimaginação, tanstextualização, transparadisação, transluminação e transluciferação.

Texto retirado do Glossário de termos de edição e tradução, 2008.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s